Em regressiva…

Todos os anos fazemos enormes esforços para nos encontrar. É o momento da Associação da Boa Lembrança sair do aconchego dos nossos restaurantes e ir explorar o universusbrasilis’.  A cada ano uma cidade é escolhida, e lá os chefs fazem uma imersão gastronômica na história dos temperos e sabores deste lugar.

Este ano Belém foi escolhida para receberos nossos 90 associados de todas as regiões do país. A capital do Pará é tida como a porta de entrada da Amazônia. O valor culinário da região foi reconhecido pela Unesco em 2015 que a elegeu Cidade Criativa da Gastronomia.

A rede é formada por 116 cidade em todo o mundo nos mais diversos segmentos como arte popular, artesanato, design. Apenas outras duas cidades brasileiras estão nesta lista: Santos (SP), na categoria filmes e Salvador (BA), na categoria música. Di a importância estratégica deste Congresso ser realizado lá. “A gente quer transformar Belém em um polo da gastronomia do Norte e Nordeste. Isso vai ser discutido no Fórum Gastronômico, do dia 20 de setembro”, afirma Angela Sícilia, vice presidente da Associação.

O XXIV do Congresso dos Restaurantes da Associação da Boa Lembrança  ocorre de 17 a 22 de setembro. Realizado desde 1995, vai marcar ainda os 25 anos da Associação, sempre mantendo a essência de discutir e fortalecer os valores da culinária Brasileira.